C&A, precisamos falar sobre representatividade

orn7416-717x479

Até pouco mais de dois anos atrás, comprar roupa era bem difícil pra mim. Afinal, quem se importa com as gordas? Com 1,68 m — que vamos combinar, não é lá grande coisa — eu estava pesando 131 kg. Ou seja, meu manequim ficava entre 54 e 56, e até para comprar um jeans era um parto.

Continuar lendo

Anúncios

Depois de algum tempo, eu voltei!

15178178_1322085154521102_2622079785078942222_nDois anos e sete meses de cirurgia.
Mais de 60 kg perdidos.
Visto manequim 40 / 42.
Uma reparadora — abdominoplastia — feita.
Segunda reparadora — seios — a fazer em maio. Continuar lendo

Um ano se passou

11402742_954857227910565_2105220949086855662_nParece que foi ontem que dei um dos passos mais importantes da minha vida! Continuar lendo

Atrasado, mas… 11 meses!

11-anosNão abandonei o blog não. É que a correria anda intensa (o que é uma boa coisa) e não consegui parar para escrever aqui antes. Continuar lendo

Outra meta!

Lista-de-DoadoresNessas horas eu vejo como minha vida anda uma loucura. Imaginem que eu atingi mais uma meta na última semana e simplesmente esqueci de vir aqui registrar! Continuar lendo

Não seja mole. Dê duro no amor!

relacionamentosliquidos_postUma grande amiga hoje pela manhã me enviou um link e disse: “Lê, por favor. É a minha cara.” Eu li. E que texto! De fato, era a cara dela. Mas era a minha também. Me enxerguei muito naquelas palavras, e vi também grande parte dos relacionamentos dos dias de hoje.

Embora não tenha relação direta com o tema desse blog, achei que valia a pena deixar registrado esse texto incrível  da Aina Cruz, que trata, entre outras coisas, do medo humano de se machucar nos relacionamentos. Continuar lendo

Pra quem pensa que é fácil…

10437451766_4510311571_oÉ muito comum ouvir que a Cirurgia Bariátrica é um método simples pra emagrecer. Como se tirar um pedaço do estômago – meu caso, que fiz sleeve -, magicamente fizesse desaparecer com todos os quilos ganhos ao longo do tempo. O que a maioria das pessoas não sabe é que não existe milagre. A Gastroplastia ajuda sim, mas não resolve o problema. Além disso, ela pode fazer aparecer outras questões, tão ou mais graves que a obesidade. Continuar lendo